10 de abril de 2017

Histórias de um MVP

Rodando um piloto de proteção de smartphones com nossos early adopters

Fabricio Vargas Matos

Fabricio Vargas Matos

Co-founder e CTO da Mutual.Life

Estamos há alguns meses rodando um piloto de proteção de smartphones com nossos early adopters, utilizando apenas Excel, WhatsApp, SurveyMonkey e PicPay, e sempre envolvendo os usuários em discussões no nosso grupo "co-criação" para entendermos o que realmente vai proporcionar a melhor experiência. Hoje podemos dizer que adiar o desenvolvimento do nosso app foi a melhor decisão que tomamos.

Porém agora chegou a hora de iniciarmos essa parte do projeto, mas para mostrarmos como essa decisão foi importante, queremos mostrar como nossa visão original mudou completamente após o piloto.

Hoje temos muito uma visão infinitamente superior (e validada na prática) das funcionalidades que realmente agregam valor para nossos usuários, mas quando olhamos para trás, chega a ser doloroso perceber como tínhamos o projeto original do app orbitava a tecnologia blockchain, ao invés da experiência de proteção em si. É estranho porque temos uma excelente experiência de desenvolvimento de apps, UX, e a coisa toda, mas naquela altura estávamos muito focados na beleza da tecnologia blockchain, e na necessidade de resolver problemas específicos do mundo cryptocurrency, como gerenciamento de chaves privadas, geração de seeds robustos (realmente aleatórios) para carteiras hierárquicas, enquanto que na verdade parte disso não era tão prioritário, sem falar que uma tecnologia ideal deveria ser invisível.

Projeto original do MVP
Projeto original do MVP antes das experiências com o piloto de smartphones

Mas fizemos a escolha certa, e pudemos aprender muito sem gastar dinheiro e tempo programando um app que não daria muito certo. Isso não significa que hoje todas os desafios para um blockchain "invisível" estejam resolvidos, mas muitas dessas questões simplesmente ainda não precisam ser resolvidas agora, e passaram a fazer parte de um roadmap em constante evolução. Além disso, à medida que focamos no que agrega mais valor para o usuário, nas validações de negócio, no desenvolvimento de parcerias e no crescimento da base de early adopters, a tecnologia Blockchain como um todo está amadurecido, integração com os recursos de cloud computing estão aparecendo, e parte dos problemas tecnológicos estão sendo resolvidos, nos permitindo focar mais no nosso core business.

Mas histórias e lições à parte, atualmente nossos usuários estão sentindo falta de uma ferramenta que não seja tão improvisada e que inspire mais confiança. Em uma pesquisa recente como eles, o principal motivo para eles não convidarem muitos dos parentes, colegas de trabalho e outros amigos para a plataforma é que eles não têm o mesmo perfil early adopter deles, e sem um app apropriado eles não se sentem confortáveis em fazê-lo.

Logo, por esse e outros motivos, decidimos que chegou a hora de darmos mais um passo e desenvolvermos nosso primeira versão de app, algo que seja MVP realmente viável. Porém decidimos ainda assim desenvolvê-lo de forma incremental, colocando cada nova feature em produção com o grupo piloto assim que ela estiver pronta. Vai ser agile na veia!

Como somos "bootstrap", ou seja, uma empresa nova que ainda não recebeu nenhum tipo de investimento, o dinheiro obviamente é bem curto. E embora desejemos muito poder nos dedicar 100% ao negócio, temos contas pra pagar e precisamos por enquanto continuar conciliando o trabalho na mutual.life com as outras atividades que nos gerem renda. Ainda bem que somos todos consultores com horário bastante flexível.

Como será então? Decidimos assumir o desenvolvimento das partes mais complexas do backend, para as quais a nossa experiência é fundamental, porém buscamos uma alternativa mais economicamente viável para o desenvolvimento do app em si (front-end e APIs). E a melhor alternativa que encontramos foi nos aproximarmos do Instituto Federal do Espírito Santo, mais especificamente, do laboratório LEDs que tem como objetivo proporcionar uma experiência prática para os alunos e ajudá-los a se conectar ao mercado de trabalho. Depois de muita conversa, estamos agora finalizando os trâmites legais para a celebração de um convênio ECTI via fundação FACTO para podermos viabilizar a parceria, que permitirá alocarmos algumas bolsas de estudo para alunos de TI, e dando algumas contrapartidas como capacitações tecnológicas e metodológicas, conseguiremos ter uma pequena equipe funcionando nas dependências do laboratório LEDs no IFES, sob a supervisão dos professores.

É claro que gostaríamos de poder ter recursos para contratar profissionais de mercado e podermos desenvolver toda a plataforma numa velocidade muito maior, mas vemos também outras vantagens neste modelo, especialmente na possibilidade de capacitarmos de forma mais barata os alunos para depois contratá-los, além da possibilidade de uma parceria de mais longo prazo com IFES para o desenvolvimento de outros projetos de pesquisa.

A verdade é que, como disse Reid Hoffman, cofundador do LinkedIn, "empreender é se jogar de um precipício e construir um avião durante a queda". Pois bem, nos jogamos! Agora precisamos construir um avião com o que temos, de um jeito ou de outro.


Fabricio Vargas Matos

Fabricio Vargas Matos

Co-founder e CTO da Mutual.Life

Fabricio Matos é mestre em ciências da computação (BSc, MSc) e especialista em Blockchain (Bitcoin e Ethereum), 15 anos coordenando projetos de software para o mercado corporativo e apps mobile, atuou como CTO em 3 startups.


Comentários

Mais dos nossos bastidores

Março de 2018

O que esperar de 2018

O ano começou com nosso Trello dando sinais de overload. De business e produto a marketing
digital e growth hacking, temos tarefas o suficiente para ficarmos full time duas vezes no projeto

Leia a publicação completa
Dezembro de 2017

A regulação é realmente um gargalo
para as insurtechs?

Um aspecto muito importante para uma insurtech são as questões regulatórias. E, sobre isso,
foi ótimo conhecermos o trabalho da CNSeg e ouvirmos o posicionamento da SUSEP.

Leia a publicação completa
Novembro de 2017

Blockchain, IA e o futuro dos seguros

E se uníssemos tecnologia Blockchain e Inteligência Artificial e repensássemos
o atual modelo de produtos de seguro, engessados e massificados?

Leia a publicação completa
Outubro de 2017

Marketing e Produto

Contribuindo para o desenvolvimento da Mutual.Life

Leia a publicação completa
Setembro de 2017

Blockchain no Insurtech Brasil 2017

Os desafios são enormes, mas o potencial de criação de valor é infinitamente maior

Leia a publicação completa
Julho de 2017

MSW Capital, BR Startups e BB Seguridade

"Ficar fora do radar" do mercado, missão quase impossível, confesso

Leia a publicação completa
Maio de 2017

"Cavalo mais Veloz"

"Se eu perguntasse a meus compradores o que eles queriam,
teriam dito que era um cavalo mais rápido" - Henry Ford

Leia a publicação completa
Março de 2017

O Que Aprendemos
com a Primeira Indenização

A ocorrência de dois pedidos de reembolso praticamente simultâneos

Leia a publicação completa
Fevereiro de 2017

Processo de Aprovação de Novos Membros

Os grupos da Mutual.Life são formados por pessoas de confiança.

Leia a publicação completa
Janeiro de 2017

Grupo Piloto para Smartphones Usados

Demos nosso primeiro passo mais concreto

Leia a publicação completa
Dezembro de 2016

Chegamos!

Bem vindo ao Blog da Mutual.Life

Leia a publicação completa
Acompanhe

Fique por dentro

Acompanhe as novidades, nosso trabalho, realizações e
fique por dentro de tudo que acontece nos bastidores.